Ato de Desagravo ao Povo Brasileiro
(1º de Abril)
Em Repúdio ao Golpe de 1964, se realiza todos os anos, na Pracinha do Diário (Praça da Independência), um Ato de Desagravo ao Povo Brasileiro, nos qual se presta uma homenagem aos estudantes Ivan da Rocha Aguiar e Jonas José de Albuquerque Barros, que foram fuzilados (mortos) por um pelotão do exército em frente ao Edifício JK, na Avenida Dantas Barreto, no centro da cidade do Recife (PE).

Esses dois militantes do movimento estudantil passaram a ser as primeiras vítimas da ditadura, que se instalava por todo o país a partir daquela data.